Home / Colunistas / A Ponteira do Futuro Esportivo

A Ponteira do Futuro Esportivo

Fernanda Pereira
Começou a jogar pela escola nos jogos escolares aos dez anos com meu professor e técnico José Valdene.
Aos onze anos seu professor levou o time da escola para fazer peneira no club do Corinthians ,foi aprovada e foi a aí que ela começou a jogar e ficou por um ano competindo pelo Sindi club.
Logo após um ano ela saiu e continuei a treinar na escola sem treinar em nenhum clube. E foi treinando na escola que um outro professor me indicou o SESI-SP, fiz o teste e passei. E é aonde está jogando há um ano, muito feliz de poder fazer parte da base de um time bem estruturado e que da oferece apoio ao atleta.
No começo foi uma experiência nova treinar no SESI-SP pelo fato do treino ser mais puxado , com o tempo já está adaptada e me sente-se muito grata de fazer parte dessa equipe e honrar o clube e sua camisa.

Começar a jogar aos dez anos na escola e participar de jogos escolares, quais as lembranças que você gostaria de contar dos seus primeiros passos no esporte?
Os primeiros passos eram jogar em roda, treinar com a parede. Conforme fui me desenvolvendo comecei a jogar em quadra.

Passar no teste de seleção do Corinthians, o que você acredita que foi seu ponto forte pra conseguir a aprovação?
Acho q o fato de ser alta, ter um bom comportamento, ter mostrado interesse e se dedicar no que faço.

Foi um ano de treino competindo pelo sindi Club, o que aprendeu de mais importante lá?
Aprendi a respeitar o time adversário, e ser mais competitiva.

Você é ponteira, o que mais gosta de jogar em sua posição?
Gosto de tudo em minha posição, mais principalmente passar e defender.

Como você aproveita toda a perfeita estrutura que o SESI oferece às suas atletas?
Aproveito cada momento dando meu melhor, me dedicando, não faltar em treino etc

Ganhar uma partida em um campeonato é sempre algo muito motivador para continuar buscando seus sonhos? ou tem algo que te motive mais que uma vitória?
A vitória é muito importante sim, mas o que mais ajuda é ter um apoio saber que tem pessoas que acreditam em você isso ajuda muito.

Às vezes buscamos realizar sonhos e nossas conquistas são resultados de nossos esforços, porém no decorrer do tempo, acabamos descobrindo que poderão acontecer conquistas inesperadas e se isso acontecer, acredita que está preparada pra elas?
Sim estou preparada, até por que acaba sendo algo esperado pelo meu esforço.

E o que você mais espera em seu futuro no vôlei?
O que quer realizar de mais importante pra você?
Pretendo continuar jogando mais não profissionalmente. Pois quando eu for adulta pretendo ser preparadora física.

O que você gostaria de pedir para as pessoas para ajudar no fortalecimento do vôlei de base?
Acho q deveria ter mais reconhecimento não só no vôlei, como em outras modalidades pelo fato do nosso país só investir no futebol.

Qual a frase que te “ tira” da cama todos os dias e faz você lutar por seus sonhos?
Vencedor não é aquele que vence sempre, e sim aquele que não para de lutar.

Seus agradecimentos finais:
Agradeço a minha família pelo apoio, aos meus técnicos da escola (José e Paulo),inclusive ao Maúricio Coimbra pelo apoio, paciencia, conselhos e por ajudar minhas dificuldades em quadra.
“O Brilho da lua, mostra o brilho das estrelas” ,nossas conquistas mostram o resultados de nossos esforços.

Foto: Adriana Oliveira Correia

Deixe seu comentário

Comentar

Sobre Patrícia Deud

Leia também

Coritiba encaminha acerto com o zagueiro Cléber Reis

  O Coritiba está muito próximo de acertar com o zagueiro Cléber Reis, que vinha …