Home / Colunistas / A Levantadora Sonhadora

A Levantadora Sonhadora

Helena começou a jogar o voleibol na escola, ficou apaixonada pelo esporte logo cedo.
Foi aos onze anos tentar uma oportunidade nas categorias de base, passou no teste de seleção e ficou na equipe por três anos.

Foi no Bradesco que ela desenvolveu seu voleibol , aprendeu a base ,fundamentos do esporte foi levantadora por todo o tempo,treinou na ponta por apenas três meses.

Participou de vários campeonatos, desde internos até campeonatos da federação.

Este ano ela chegou às categorias de base do SESI/SP sub 15 onde está jogando como levantadora.
Helena , você é levantadora, além de ficar apaixonada pelo esporte ,ficou apaixonada pela posição também?
– Sim claro! Afinal já são alguns anos nessa posição, e com o tempo eu acabei me
acostumando e me identificando com ela,antes eu não gostava dessa posição, mas hoje vejo sua importância e até estranho se tiver que mudar.

A Levantadora é a “alma” da equipe ,inteligência e liderança fazem parte da missão de sua posição, qual a sua visão sobre isso?
– Eu concordo com isso já que é a levantadora que distribui as bolas e arma as jogadas, ela que faz o time “andar” decidindo quem joga e o curso do jogo. Um bom levantador é fundamental para o desempenho do time.

Você me contou que treinou por pouco tempo como ponteira, o que você aprendeu com a experiência nesta posição?
Foi por curto período que eu fiquei de ponteira, mas durante ele eu consegui aprender
mais sobre o posicionamento de outras posições, podendo hoje ter uma visão mais ampla do jogo.
Qual a habilidade que você acredita que faz a diferença no seu voleibol perante suas adversárias?
– Não acredito que eu seja melhor que elas, porém acho que a minha persistência seja
grande e que com ela posso chegar longe e até mais do que outras pessoas.
A auto confiança sadia é importante ,como você trabalha com ela?
– Todo dia eu trabalho para desenvolver minha auto confiança, pois ela se desenvolve com o aprendizado diário dos treinos.
Você começou a jogar na escola, você continua jogando nas aulas de educação física ou no intervalo das aulas ?
– Eu jogo nas aulas de educação física quando é necessário, e não costumo jogar nos intervalos, porque me preocupo de me machucar, já que aconteceu de eu me machucar em uma dessas brincadeiras.

O Bradesco foi sua primeira “casa” lá você desenvolveu muito do seu voleibol e participou de campeonatos o que de mais importante levou com você para colaborar com sua equipe atual?
O Bradesco foi muito importante para mim e levo todos os ensinamentos para a minha equipe atual, como as técnicas e fundamentos.

É sempre preocupante mudar de equipe, o que te surpreendeu e te fez feliz ao chegar no SESI?
– Me surpreendi com a recepção das pessoas comigo, elas foram muito educadas e
atenciosas, eu admito que não estava esperando por isso, o que me deixou muito feliz e confortável, afinal como cheguei depois de todo mundo pensei que não seria bem recebida.

O que você acredita que melhorou em seu voleibol depois de chegar ao SESI?
– Acredito que melhorei em tudo um pouco, porque eu me machuquei algumas vezes no ano passado e por conta disso fiquei um tempo sem treinar, com isso fiquei atrás das outras meninas. No SESI eu consegui recuperar de certa forma esse tempo, e consegui melhorar muitas coisas, principalmente o meu saque que sempre foi meu ponto fraco.
Você disse que quer ir longe jogando ainda, o futuro te espera o que você espera conquistar um dia?
– Espero que eu consiga me tornar uma jogadora profissional, esse sempre foi meu sonho e me esforço muito para se tornar realidade.
Qual a frase que te motiva a lutar por seus sonhos?
– ” Se cansar aprenda a descansar, não a desistir”
Seus agradecimentos:
Quando fala em “agradecimentos” penso logo em agradecer a minha família, em especial para meus pais, que sempre estão dispostos a fazer de tudo para me ver feliz e que acreditam em mim, mais do que eu mesma acredito.
E também a Raquel uma técnica que eu tive, que foi diferente de todos os outros que
sempre me apoiou, me ajudou e divertiu, mas principalmente me ensinou muita coisa.

“Alcançamos sucesso e felicidade quando todas as nossas escolhas nos levam à realização e ao sorriso.”
Gutto Carrer Lima

Helena: Alcançamos o sucesso quando o sorriso dentro de nós ,não nos permite deixar de sonhar…
Um Feliz Futuro pra você,que todos os seus sonhos sejam realizados,lute por eles todos os dias!
Felicidades!
Foto: Adriana Oliveira Correia

Deixe seu comentário

Comentar

Sobre Patrícia Deud

Leia também

Programação 2018

É com imensa satisfação que a Coluna Esportiva Pois É retorna para mais uma temporada …

One comment

  1. Parabéns, verdadeira e sincera entrevista!!

    Sucesso menina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.